Vandrei Bion: O Avaí foi valente / Arquibancada Avaiana

09.06.2021

Vandrei Bion: O Avaí foi valente / Arquibancada Avaiana

O Avaí fez um bom jogo. Principalmente no primeiro tempo quando foi pra cima após tomar o gol bem no início. Dizer que o Avaí não lutou seria injusto. O time fez jogos competitivos, tanto na largada da Série B como neste mata-mata da Copa do Brasil. A eliminação faz parte e segue o baile. Agora é Série B, a realidade do clube. A única lamentação é a perda de R$ 2,7 milhões, receita que pagaria alguns atrasos salariais. A vida continua.

Foto: André Palma Ribeiro/Avaí F.C.

Cristian Delosantos: Avaí sofre gol relâmpago, perde para o Athletico-PR e cai na Copa do Brasil

Mais cedo

Mudou o horário de Avaí x Brusque. O jogo, antes marcado para às 20h30, será às 16 horas do próximo domingo. Embora o torcedor não possa ir ao estádio, o clássico período da tarde é muito melhor para a partida. A turma pode emendar após o almoço e não precisa ficar de pantufa. No mais, depois do confronto da terceira rodada, tem a estreia da Seleção Brasileira na Copa América. Portanto, será um domingo de dose dupla na televisão. Prepare o churrasco!

Belo programa

Estreou ontem o programa Manto Avaiano na TV Avaí. A apresentação é do narrador da Rádio Avaí, Pepeo Cardoso. No primeiro episódio, o fotógrafo avaiano Frederico Tadeu foi o convidado e expôs a sua coleção de camisas, contando belas histórias. Fred é filho do saudoso radialista e jornalista Toninho José que também era um grande avaiano. Fica a dica, vale a pena conferir no YouTube a entrevista que mostra diversas camisas que marcaram época. Deixamos aqui também os parabéns pela produção que tem no comando o coordenador Leandro Boeira.

Foto: Leandro Boeira/Avaí F.C

Muriqui

A coluna destaca hoje Luiz Guilherme da Conceição Silva, o Muriqui. Nascido em 1986, em Mangaratiba-RJ, ele é um meia-atacante que foi revelado pelo Madureira. Com passagem pelo Vasco da Gama, Muriqui chegou ao Avaí em 2007, por empréstimo, sendo um dos poucos destaques do time na temporada. Retornou ao Leão da Ilha em 2009, como reforço para a Série A, marcando época na dupla que formou com Marquinhos Santos. Rápido e habilidoso, Muriqui logo caiu nas graças da torcida, que o transformou em ídolo e o brindou com vários apelidos, como “Murishow” e “Murigol”. O meia-atacante foi o jogador mais “perseguido” da Série A de 2009: recebeu 139 faltas, 22% do total de infrações a favor do Avaí em todo o torneio. Deixou o clube no final da temporada de 2009 para defender o Atlético-MG. Naquele ano, marcou um gol na vitória de 3 a 1 diante do Athletico Paranaense, em Curitiba. Pelo Leão jogou 51 vezes e fez 14 gols.

Foto: Acervo DC

Clique e leia mais no Arquibancada Avaiana

Vandrei Bion

Por

Vandrei Bion


Jornalista profissional com 21 anos de carreira. Formado em Comunicação Social pela Unisul e Pós-graduado em Jornalismo pela UFSC, tem passagem por vários veículos de imprensa de Florianópolis, entre eles: Rádio CBN Diário, Rádio Guarujá, Jornal O ESTADO, SBT e REDE TV. Atua na área de assessoria de comunicação há 15 anos.

Deixe seu comentário

Uma resposta para “Vandrei Bion: O Avaí foi valente / Arquibancada Avaiana”

  1. Alberto disse:

    Meu caro,
    Infelizmente, não poderia concordar com você sobre o Jogo da Arena no Paraná. O que foi visto não correspodeu às expectativas do que o torcedor Avaino esperava. O Placar que interessava ao Atlético Paranaense já foi construído nos primeiros segundos de jogo e ficou bastante cômodo para ele deixar a bola com o Avaí e não aconteceu nada de excepcional que pudesse arriscar pelo menos o empate.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao publicar um comentário, você concorda automaticamente com nossa política de privavidade e nossa política de cookies

x

Ouça a Rádio

botão play
Clique e faça parte do nosso grupo de <b>WhatsApp</b>
Clique e faça parte do nosso grupo de WhatsApp