Árbitro de basquete Guilherme Locatelli está confirmado nas Olimpíadas de Tóquio

24.03.2021

Árbitro de basquete Guilherme Locatelli está confirmado nas Olimpíadas de Tóquio

Árbitro de basquete Guilherme Locatelli está confirmado nas Olimpíadas de Tóquio

O árbitro catarinense Guilherme Locatelli vai para as Olimpíadas de Tóquio. A FIBA divulgou a lista dos 30 profissionais convocados, nesta quarta-feira (24), incluindo o árbitro do quadro da Federação Catarinense de Basketball que irá para seus segundos Jogos. Além de Locatelli, a árbitra Andreia Regina Silva (Federação Paulista) representa o Brasil na convocação.

Locatelli foi convocado em março de 2020), mas com a pandemia o Comitê Olímpico Internacional definiu pelo adiamento do evento em um ano. Com isso, a FIBA desconvocou seus árbitros e árbitras, realizou novos testes e uma nova convocação. O maior evento esportivo do planeta começa em 23 de julho e termina no dia 8, uma semana antes do árbitro catarinense completar 40 anos.

“A expectativa é maior ainda por conta de tudo que aconteceu, esses Jogos vão servir como um marco da retomada da sociedade, celebrar um pouco a existência humana, pois o mundo passou e ainda está passando por muitas dificuldades, a expectativa é de que até lá as coisas estejam melhores ainda e isso gerou muita ansiedade sobre como vai ser. Sendo a minha segunda Olimpíada, não tem aquela sensação de novidade, mas não deixa de ser uma Olimpíada e, a partir da confirmação, tem a incerteza de como vão ser os Jogos e como o mundo vai enxergar isso. Vai ser bem legal, minha expectativa é essa, estar lá para presenciar esse momento que não é só do basquete, nem só do esporte, mas da sociedade como um todo”.

Árbitro internacional desde 2010, além da Olimpíada do Rio, Locatelli já atuou três Copas do Mundo adultas (duas Masculinas e uma Feminina), quatro Copas do Mundo de categorias base, além de jogos de eliminatórias, sul-americanos, finais de Ligas Nacionais, entre outras competições.

A extensa carreira iniciou no Clube Doze de Agosto, em Florianópolis, quando atuava nas categorias de base do clube, e foi convidado para apitar um torneio infantil aos 14 anos. Aos poucos tomou gosto pelo apito e, aos 19 anos, trocou o time pela equipe de arbitragem, quando ingressou no quadro da Federação Catarinense de Basketball.

Foto: Lucas Inácio – FCB

Marcou no Esporte

Por

Marcou no Esporte


Site de notícias sobre o esporte catarinense. Saúde e bem-estar também estão em pauta.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao publicar um comentário, você concorda automaticamente com nossa política de privavidade e nossa política de cookies

x

Ouça a Rádio

botão play
Clique e faça parte do nosso grupo de <b>WhatsApp</b>
Clique e faça parte do nosso grupo de WhatsApp