Andreza Garrett: O olhar integrado das cadeias musculares

31.05.2021

Andreza Garrett: O olhar integrado das cadeias musculares

No início da década de 50, surgiu na França um novo olhar que aumentava a complexidade de atuação dos profissionais do movimento humano, as cadeias musculares. Seria uma nova abordagem de avaliação e intervenção que integrava o sistema locomotor em grupos e cadeias, e permitia uma visão unificada do corpo para a análise da postura e entendimento das linhas de carga e tensão.

Na proposta clássica dos problemas musculares e articulares, o corpo era tratado apenas de forma segmentada, ou seja, uma dor na região lombar era geralmente vista como um problema local. Já a visão das cadeias musculares considera o sistema muscular de forma integrada, em que os músculos se organizam em cadeias que se solidarizam e se compensam.

Conceituados cadeístas musculares trouxeram ainda para seus métodos as questões psico-comportamentais, que vão de encontro com a atual abordagem biopsicosocial, como Godelieve Denys-Struyf do método G.D.S., Thérèse Bertherat do método antiginástica, Philipe Souchard do método R.P.G. e Léopold Busquet.

A definição clássica de cadeia muscular dada por Françoise Meziéres, a grande professora de Thérèse Bertherat, é de “um conjunto de músculos de mesma direção e sentido, geralmente poliarticulares que se comportam como se fossem um só músculo e se recobrem como telhas de um retalho”.

Godelieve Denys-Struyf criadora do método que leva as iniciais de seu nome G.D.S. define as cadeias musculares como conjuntos “psiconeuromusculares” que se fazem e se desfazem conforme a expressão corporal, postural e gestual.

Fisioterapeutas, como eu, e educadores físicos, como foi o caso do professor e Personal trainer Fernando Oliveira, viram a necessidade de se aprofundar no estudo das cadeias musculares para o melhorar entendimento da integração corpo , mente e emoções.

Em entrevista para o Marcou no esporte, Fernando Oliveira, que se especializou no método GDS, enfatiza que ao se priorizar o equilíbrio e harmonia corporal, os resultados estarão além de uma melhor postura e performance, mas a tão esperada prevenção de lesões.

Num mundo cheio de estímulos físicos e psicológicos, dinamismos e riscos, buscar o equilíbrio físico, se torna uma busca constante e até determinado ponto utópica, já que é o estado de desequilíbrio que permite ao sistema se manter em aparente estabilidade e continuidade.

E para a comunidade científica e muitos profissionais da saúde, cada vez mais instigados em compreender os processos adaptativos dos seres humanos e melhorar suas capacidades, novos estudos, métodos e algoritmos devem surgir para preencher vácuos teóricos desta complexidade do movimento corporal em cadeias.

Andreza Garrett Paes
Fisioterapeuta
Crefito 41979F
E-mail andrezagarrett@gmail.com
Instagram @andrezagarrettfisio

Fernando Oliveira
Cref- 2188 SC/G
E-mail fernandoracer@yahoo.com.br
Instagram @fernandooliveirapersonal

Se você deseja conhecer nosso trabalho integrado, venha conhecer a Ciclomania Espaço fitness. Endereço: Rua Bocaiúva, 1973 – Centro – Florianópolis, Santa Catarina
Insta @ciclomaniaespacofitness
Agendamentos 48.984182020 ou 48.988502055

Clique aqui e leia mais textos da fisioterapeuta Andreza Garrett

Andreza Garrett

Por

Andreza Garrett


É fisioterapeuta formada na Udesc, pós-graduada em Ortopedia e em Osteopatia Clínica. Possui formação em RPG, podoposturologia, Mackenzie, Biomecânica Cranio cervical e da Articulação Temporomandibular. 20 anos de experiência em fisioterapia clínica e esportiva, e acredita na abordagem de tratamento biopsicossocial e multidisciplinar.

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao publicar um comentário, você concorda automaticamente com nossa política de privavidade e nossa política de cookies

x

Ouça a Rádio

botão play